Páginas

sábado, 8 de maio de 2010

Você em mim

Hoje ouvi passos no quintal,
corri para vê-lo.
Olhei através do vidro e não o vi; Vi apenas pessoas,
Homens estranhos, robustos. O que faziam aqui?
Neles, vinha uma carta, uma carta que dizia que não voltaria.
Que tamanha saudade sentiria. Que tristeza me partiria.
Não teria seus abraços, seu carinho, só lembranças.
Lembranças teria e saudades sentiria.
Seu sorriso iluminava, seus braços me envolviam,
sua boca me beijava.
Onde eu me colocaria?
O que mais eu faria?
Não havia mais você aqui. Só havia você em mim.
Que saudades sentiria...



Dedicado ao filme: lendas da paixão

By: Dany Scaffo
Texto produzido por mim.
Caso copie, ponha os devido créditos.

Um comentário:

Alex disse...

SHOW, linda mensagem, filmes de guerra são sempre tristes porém mostram o que lutar por uma paixão, e para quem fica de fora esperar que sua paixão retorne.